Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaque

Licença maternidade ou licença para ser mãe?

Hoje é o dia da volta, da separação diária de mais de 12 horas, por 5 dias seguidos, 40 horas semanais: sem colo, sem amamentar, sem cuidar da Nina. Tenho pensado imensamente nisso: licença maternidade ou licença para ser mãe? Quando engravidamos temos, por lei, direito a nos ausentar quantas vezes forem necessárias para o pré-natal sem prejuízo algum no trabalho (na teoria, porque na prática, as empresas não promovem grávidas, não investem na formação delas ou as deixam responsáveis por grandes projetos - haja vista a iminência da ausência de 4 ou 6 meses). 


Após o nascimento, temos de 4 a 7 meses para cuidar do bebê, nos adaptar ao bebê e para o bebê se adaptar à vida fora do útero. Durante esse período, estabelecemos um ritmo de cuidados e uma rotina bastante maleável com o bebê: não há necessidade de cumprir horários rígidos, os dias podem ser curtos e as noites compridas; podemos ir ao parque, à praça, à casa da vó e de amigos para as pessoas conhecerem o bebê. Quando a volta ao…

Últimas postagens

Mudando de hábitos

A violência doméstica: qual o papel da igreja?

Orientador nível master

Por que levo meus filhos?

Traduzindo a letra do Caetano: HOMEM

Patinete

Uma rebelde no rebanho

Green

Festa do corpo de Deus

Benza Deus